Como melhorar sua autoestima

A autoestima é um fator muito importante para o nosso sucesso tanto pessoal quanto profissional. Ela surge de acordo com as crenças que temos acerca de nós mesmos. Dependendo de como nos sentimos, ela poderá ser positiva ou negativa em vários aspectos da vida. 
A primeira coisa a se pensar é: 
- Como eu me percebo? 
- Qual o valor que eu dou a mim mesmo? 
- Quais são as minhas escolhas em relação a trabalho, a relacionamentos, amizades, a forma como eu me alimento. Como eu me comporto diante do outro ou de alguma situação? 
Tudo é uma questão de escolha. As escolhas que eu faço para minha vida estão fazendo bem para mim? Seja no lado profissional, pessoal ou afetivo. Se não fazem bem para mim, se eu estou colocando em risco a minha felicidade e o meu bem-estar, eu estou fazendo mal para a minha autoestima. 


Como identificar se tenho baixa autoestima? 
A primeira coisa é prestar atenção na forma que você se sente e como se comporta. Alguns aspectos e atitudes demonstram isso. 
- A pessoa que tem baixa autoestima se sente muito insegura e desconfiada. 
- Ela tem muita dificuldade de confiar em si mesma. 
- Tem sentimento de inferioridade em relação ao outro. 
- Seu amor-próprio fica prejudicado.
- Apresenta maior vulnerabilidade emocional, podendo levar a carência afetiva. 
- Tende a ter pensamentos mais pessimistas. 
- Tem maior dificuldade em lidar com a frustração. 
- Tem dificuldade em impor limites ao outro, por medo do que o outro vai achar ou pensar de você. 
- Tende a ter relacionamentos destrutivos.
- Tem resistência em receber elogios, pois sempre acha que o outro está mentindo. 


O que fazer para melhorar minha autoestima? 
- A primeira coisa é parar de se cobrar tanto. Aceite que você tem limitações. Todo mundo tem. 
- Pare de se comparar com outras pessoas. As pessoas são diferentes e cada delas tem características únicas e especiais.

- Identifique em você o que precisa ser melhorado, o que não está te agradando. Crie um movimento de mudança, por menor que seja e faça um pouquinho de cada vez. 

- Identifique em você o que precisa ser melhorado, o que não está te agradando. Crie um movimento de mudança, por menor que seja e faça um pouquinho de cada vez. 
- Tenha consciência de suas vitórias! Acredite na capacidade de tê-las novamente e vibre por isso. 
- Exercite o autoconhecimento. Reconheça seus defeitos e qualidades e aceite-os. 
- Preste atenção nas escolhas que você faz para sua vida, e reflita se elas estão te fazendo bem. 
- Tente identificar o que é importante para você. Você não tem sempre que agradar o outro. 
- Faça algo de bom por você diariamente. 
- Pratique uma atividade física. A prática da atividade física libera endorfina (analgésico natural que nosso cérebro produz) que gera a sensação de prazer e bem-estar. 
- Modifique pensamentos. Tente pensar de forma mais positiva. 
- Cuide das suas emoções. Quanto mais emoções e sentimentos positivos você tiver, melhor você vai se sentir. 
- Aprender a ser menos permissiva. Impor um pouco mais de limite ao outro e em algumas situações é muito importante.

 

Texto elaborado por Erica Jares

Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta Cognitivo-Comportamental

Clínica de Psicologia - atendimento a região do Recreio dos Bandeirantes e Barra da Tijuca

© 2018 -  ERICAJARES.COM.BR

Consultório de psicologia Rio de Janeiro, Psicóloga Recreio dos Bandeirantes, Psicóloga Barra da Tijuca, Clínica de Psicologia Recreio dos Bandeirantes, Clínica de Psicologia Barra da Tijuca, Psicóloga Clínica Recreio dos Bandeirantes, Psicóloga Clínica Barra da Tijuca, Consultório de Psicologia Recreio dos Bandeirantes, Consultório de Psicologia Barra da Tijuca, Psicoterapia Recreio dos Bandeirantes, Psicoterapia Barra da Tijuca, Psicólogo Recreio dos Bandeirantes, Psicólogo Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Psicoterapia Barra da Tijuca.